quarta-feira, 1 de julho de 2015

Em protesto por reajuste, servidores fazem paralisação

Fonte: Todo Dia

Cerca de 150 servidores municipais de Sumaré paralisaram os serviços ontem e realizaram uma manifestação em frente ao Paço Municipal. A categoria cobra um reajuste salarial de 7,69%, que já foi negado pela prefeitura, e ameaça greve. 
 
O protesto, que reuniu cerca de 150 pessoas, começou às 16h e foi até 17h. Os servidores decidiram pela paralisação em assembleia extraordinária da categoria, que aconteceu no dia 19. 
 
De acordo com Sindissu (Sindicato dos Servidores de Sumaré), a primeira reunião com a prefeitura sobre o tema foi realizada em maio e, na oportunidade, o Executivo teria se comprometido a encontrar uma solução. 
 
Na opinião do presidente do Sindissu, Sandro Valo Barbosa, a prefeitura se fechou para as negociações. "A justificativa é que o pagamento dos funcionários já ultrapassa a Lei de Responsabilidade Fiscal, mas em nenhum momento nos foram mostrados números para comprovar isso. Após a paralisação, a diretoria vai pedir uma nova reunião com a administração para tentar uma definição pela última vez antes de iniciarmos uma greve geral", afirmou Barboza. 
 
OUTRO LADO 
 
Através da assessoria de imprensa, a prefeitura informou que entende as revindicações dos servidores, mas que é impossível conceder neste momento qualquer novo reajuste ou benefício que traga mais gastos com a folha. "Os 5,7 mil funcionários já tiveram, entre janeiro de 2013 e janeiro de 2015, um reajuste salarial de 20,9% (...) Um gasto adicional com a folha de mais de R$ 60 milhões ao ano", apontou. 
 
Além disso, a prefeitura também responsabilizou a desaceleração da economia nacional pela queda de repasses e na arrecadação de impostos e tributos. Outro fator apontado foi a Lei de Responsabilidade Fiscal. 
 
"O TCE (Tribunal de Contas do Estado) alterou a fórmula de cálculo da folha de pagamentos do funcionalismo. Esta mudança elevou o percentual das receitas gasto com os salários dos servidores para a casa dos 56% - bem acima do limite legal imposto aos municípios brasileiros pela LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal), que é de 54% das receitas correntes líquidas", informou em nota. Segundo a prefeitura, a manifestação não afetou o serviço público, já que a maior parte dos servidores não estava em horário de serviço.

domingo, 31 de maio de 2015

Famílias destruídas pela violência aguardam justiça


A reportagem do TODODIA conversou com duas famílias cujos parentes foram assassinados em maio e abril deste ano e ainda não há suspeitos ou indiciados. Carlos Alexandry Barros de Nicolai foi morto às 23h do dia 12 de abril, a uma hora de completar 25 anos em uma festa conhecida como "pancadão", em Sumaré. O rapaz recebeu três tiros no meio da festa, mas até hoje não houve sequer indicação de suspeito.
 
O pai da vítima, Antônio Carlos de Nicolai, disse que a Polícia Civil vem "se esforçando" para solucionar o caso, mas revelou que a namorada do filho, que estava com o rapaz no dia da morte, só foi ouvida uma semana depois do crime.
 
"Se o culpado fosse descoberto e preso ajudaria um pouco (a consolar a família), não quero vingança, não quero que ninguém sofra, só que ele (o assassino) pague pelo que fez", disse.
 
O cabeleireiro Valdivino Almeida Miranda foi assassinado em 12 de maio quando deixava o salão do qual era sócio com o irmão. Quando ia para casa de moto, uma outra motocicleta emparelhou e criminosos dispararam contra o rapaz. Ao saber da perda, a mãe de Valdivino teve um mal súbito e também morreu.
 
A advogada da família de Miranda, Rosa Cristina Mascaro, foi indicada pela viúva para comentar o caso.
 
Sem se surpreender com a demora para o esclarecimento do crime, a advogada disse que, agora, a família é que é vítima.
 
"O Valdivino foi vítima da criminalidade e a família está sendo vítima do sistema. Claro que a solução de um crime é uma tarefa trabalhosa, há várias linhas de investigação possíveis para esse crime (...) mas a estrutura, como um todo, seja polícia ou Justiça, têm essa demora."
 
Rosa afirmou esperar que o crime tenha solução. "Esperamos que alguém seja indiciado e pague pelo que fez, para que essa família não seja ainda mais despedaçada do que já foi", disse.
 
O diretor do Deinter-2, Kléber Altale, informou que o caso de Valdivino está em andamento e que 20 pessoas já foram ouvidas até agora.
 

Wagner admite erro do PT ao não aprovar a reforma política em 2002

Recebido como principal liderança política no 5º Congresso Nacional do Partido, ele pede para que petistas não se amedrontem perante as dificuldades.

Fonte: A Tarde

Recebido como a principal liderança petista na etapa baiana do 5º Congresso Nacional do PT, que ocorrerá este mês em Salvador, o ministro da Defesa, Jaques Wagner conclamou os petistas a se portarem como o profeta Moisés - que não se amedrontou com as dificuldades e seguiu sua caminhado de 40 anos no deserto .

Ele disse, porém, que o PT tem que admitir que cometeu um erro ao não aprovar a reforma política em 2002 e com ela o fim do financiamento privado de campanha. "Fizemos um equívoco político de não termos assumido, em 2002, com o governo do Brasil e a liderança que a gente tinha, não termos desmontado a máquina de fazer política equivocada vigente no Brasil" .

Para Wagner, o PT se enganou ao imaginar que bastaria a vontade política ideológica para se sobrepor " à máquina viciada da política" brasileira. "Individualmente não somos maiores que os outros", afirmou Wagner, que em seu discurso fez questão de registrar sua "contraridedade" com o Diretório Nacional do PT, que aprovou resolução em que o partido fica proibido de receber financiamento privado.

Para o ex-governador, cabe agora ao PT no Senado e aos demais partidos de esquerda, modificar o "crime" aprovado esta semana no Congresso Nacional, dentro do projeto de reforma política. "Com todo respeito aos deputados que votaram, mas aquilo que foi aprovado não é uma reforma política, é um arremedo", afirmou.

Wagner defendeu que a reforma política verdadeira tem que ser como a que a presidente Michelle Bachelet está fazendo no Chile, cujo governo passa por uma crise de corrupção, que mandou para o Congresso Nacional um projeto de financiamento "puro e absoluto" público. "O povo brasileiro precisa saber quanto custa a democracia no Brasil".

Diferente

Para Wagner, o PT é diferente porque nasceu diferente dos outros partidos, mas n ão cabe afirmar que é mais ou menos honesto, por isso, não vai receber contribuição empresarial. "Ou muda a reforma política para a gente acabar com o financiamento privado ou não adianta a gente querer posar de mais honesto individualmente do que os outros", defendeu Wagner.

No Congresso estadual do PT, no Fiesta Hotel da Bahia, com a militância e líderes petistas - a ausência do senador Walter Pinheiro foi percebida -, teve espaço para críticas ao ajuste fiscal. Aos gritos de "Ei Dilma, demita Levy", militantes da corrente interna Diálogo e Ação Petista, interromperam o discursos de várias lideranças do partido.

O ex-presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli, acusado em processo de desvios de recursos na estatal, recebeu a solidariedade dos companheiros da partido.

Na despedida de Milton Cruz, São Paulo fica no zero com o Inter no RS

Fonte: UOL Esporte

Eles bem que tentaram, mas não marcaram. Neste domingo, Inter e São Paulo se enfrentaram no Beira-Rio pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro e ficaram no 0 a 0. Com o resultado, os paulistas - comandados por Milton Cruz pela última vez - chegaram a sete pontos em quatro partidas, fora da zona de classificação para a Libertadores de 2016, enquanto chegou a cinco pontos e se manteve na zona intermediária da tabela.

Os dois times fizeram um primeiro tempo de boa movimentação, mas de poucas chances. Do lado do Inter, Lisandro López se mostrou o jogador mais perigoso, enquanto Taiberson e Vitinho não pareceram na mesma sintonia. No São Paulo, Alexandre Pato mostrou se movimentou bem, compondo um setor de perigo com Thiago Mendes e Luís Fabiano.

Ao longo do segundo tempo, o ritmo de criação de jogadas do São Paulo diminuiu. Foi aí que o Inter passou a tentar a criação de jogadas, principalmente com Anderson. Milton Cruz tentou mexer no time, sacando Alexandre Pato e Luís Fabiano para as entradas de João Paulo e Centurión. No entanto, foi pouco para que o time passasse a ameaçar a vantagem técnica do Inter na partida.

Hortolândia reduziu em 63% o roubo de carros, afirma prefeito

Dados foram divulgados durante discurso de inauguração da Segunda academia ao ar livre para Deficientes, localizado no novo Parque Ambiental da Cidade, o "Remanso das Águas".

Repórter: J.R. Andermann

Na última sexta feira (29), a prefeitura de Hortolândia inaugurou a 2ª Academia ao ar livre para Deficientes Físicos na Cidade. O projeto prevê que academias do gênero sejam espalhadas em todos os Parques Ambientais.

Hortolândia vêm melhorando muito com os anos, a cidade que não possuía  infra estrutura, hoje conta com praticamente 100% de asfalto, esgoto e uma estrutura de causar inveja em muitas cidades centenárias.

As academias é um projeto arquitetado pela Chefe de Setor da pasta Elaine Gombrade "Feliz por mais uma conquista para os moradores da cidade, pessoas com deficiência e mobilidade reduzida." Disse ela em uma postagem nas redes sociais.

Gombrade também foi a responsável pelo desfile de Moda Inclusiva em 2014, evento realizado no Shopping da Cidade e que contou com mais de 300 pessoas como público.


CRISES

O Prefeito da Cidade também salientou que as crises sempre chegam em todos os lugares, ele lembrou que no momento, vivemos a crise da Dengue assim como antigamente estávamos vivendo a Crise do roubo de carros. Além de divulgar os dados de que 63% dos roubos já não acontecem mais, ele salientou a importância do investimentos das Câmeras de inteligência em todo o Município e garantiu a instalação de mais 27 destas na cidade em 2015. 



Palmeiras vence o Corinthians em Itaquera e "joga" a crise para o rival

Fonte: UOL Esporte

Um clássico entre dois rivais em crise iminente terminou com final feliz para o Palmeiras. Mesmo jogando fora de casa, o time alviverde se impôs sobre a equipe de Tite e conseguiu vencer por 2 a 0, com gols de Rafael Marques e Zé Roberto, ainda no primeiro tempo da partida. Um outro destaque, entretanto, ficou com algo que aconteceu fora do campo: um drone com a camisa do Guaraní, do Paraguai, sobrevoou o estádio, em nítida provocação aos torcedores corintianos.

Com o resultado diante do maior rival, o Palmeiras chegou à primeira vitória no Brasileirão, somando, agora, cinco pontos na tabela -- antes, o time de Oswaldo de Oliveira empatou com Atlético-MG (1 a 1) e Joinville (0 a 0), além de perder para o Goiás por 1 a 0. O Corinthians, por sua vez, foi derrotado pela primeira vez no campeonato

O time corintiano foi dominado pelo Palmeiras, principalmente no primeiro tempo. A equipe alviverde conseguiu dominar o meio-campo e abriu o placar com Rafael Marques, após boa jogada de Valdivia e cruzamento de Kelvin. No último lance da etapa inicial, Zé Roberto ampliou. Tite, no segundo tempo, trocou Ralf por Mendoza. O Corinthians melhorou, mas não conseguiu reverter a situação. Tampouco diminuir o placar.

sábado, 30 de maio de 2015

Colisão entre carro e ônibus deixa morto e dois feridos em Campinas

Acidente aconteceu por volta das 6h20 deste sábado, no bairro São Marcos.Uma das vítimas ficou presa nas ferragens, afirma Corpo de Bombeiros.

Fonte: EPTV

Uma pessoa morreu e duas ficaram gravemente feridas em um acidente envolvendo um carro e um ônibus nesta manhã de sábado (30), em Campinas (SP). De acordo com a Polícia Militar, a colisão aconteceu por volta das 6h20, na Avenida Comendador Aladino Selmi, no bairro São Marcos e uma das vítimas chegou a ficar presa nas ferragens.

Segundo a PM, o passageiro do carro, que estava na parte da frente do veículo, morreu ainda no local. Já os outros feridos foram socorridos e encaminhados pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Mário Gatti e Hospital de Clínicas da Unicamp.

O motorista do ônibus e os passageiros não ficaram feridos. A PM informou que ainda não é possível dizer o que causou a colisão.

A Prefeitura de Campinas informou que um trecho da Avenida foi interditada para o atendimento e socorro das vítimas. Por volta das 8h, o trecho foi liberado e não houve registro de congestionamento.

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Não foi só o árbitro: Dudu terá que cumprir pena por agressão à mulher


Suspenso por seis meses após agredir o árbitro Guilherme Ceretta de Lima na final do Paulistão deste ano, Dudu também terá que cumprir pena por um caso de agressão fora dos campos. Desde 2013, o atacante do Palmeiras respondia na Justiça goiana um processo por lesão corporal leve por ter agredido a mãe de seus dois filhos durante uma  briga doméstica. Agora, terá que cumprir 15 horas de serviços comunitários.

A decisão foi publicada no último dia 14 de abril pelo juiz Altair Guerra da Costa e encaminhada no último dia 25 para avaliação do Ministério Público, que pode recorrer. A pena para crimes de lesão corporal leve varia de 3 meses a 1 ano de detenção. No entanto, a defesa conseguiu convencer o magistrado a convertê-la para uma punição mais branda. O atleta aguarda a definição de onde vai cumprir a pena: em Goiânia, onde o crime ocorreu, ou em São Paulo, atual domicílio do jogador. 

Procurado, o advogado de Dudu, Dimas Fischer Johnston, afirmou que não foi autorizado pelo staff dele a comentar o caso. A assessoria de imprensa do jogador também não se manifestou até o fechamento desta nota.  

O episódio ocorreu em 30 de janeiro de 2013. Em férias no país - na época ele defendia o Dínamo de Kiev, da Ucrânia - , Eduardo Pereira Rodrigues, hoje com 23 anos, teria agredido a mulher, Malu Ohana Neves Rodrigues, também de 23,  durante uma discussão no apartamento da família, na capital goiana. Malu tinha recém-dado à luz o segundo filho do casal.

Segundo o que foi relatado no boletim de ocorrência registrado pela jovem na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Dema), Dudu lhe deu socos e puxões de cabelo. A mãe da agredida também teria sido atacada ao tentar defendê-la. Preso em flagrante, Dudu pagou fiança de R$ 12 mil e foi solto. 

Apesar do processo por agressão, Dudu e a mulher mantêm o relacionamento conjugal. Os dois vivem juntos em São Paulo, com os filhos, numa relação aparentemente harmoniosa. Na decisão judicial, segundo apurou o UOL Esporte, contou a favor do jogador a declaração posterior da mulher, em juízo, de que ele é um bom pai e marido. Como crime de lesão corporal contra a mulher se trata de uma ação penal pública incondicional, no entanto, ela não pôde retirar a acusação contra marido.  

Malu usa as redes sociais para declarar o seu amor pelo craque. Há duas semanas, publicou no Instagram uma foto dele com o filho do casal com a seguinte legenda: "Tem amor que nasceu pra durar uma vida inteira, tipo o meu por você. Te amo". 

No campo esportivo, a defesa de Dudu tenta reverter, no TJD, a decisão  que o suspendeu por 180 dias. O Palmeiras conseguiu um efeito suspensivo da pena até o julgamento do recurso, mas ele só passa a valer a partir de 3 de junho. Enquanto isso,  jogador continua desfalcando o clube nos jogos pelo Campeonato Brasileiro e pela Copa do Brasil.

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Pais de menina sequestrada em Cuiabá são presos na Itália, diz PF

Ida Verônica Feliz foi levada da casa onde vivia em Cuiabá em 2013. Mãe adotiva ainda não sabe onde e nem com quem a criança está.

Fonte: TV Centro América                        Repórter: Denise Soares

Os pais biológicos da menina Ida Verônica Feliz, de 10 anos, sequestrada em 2013 em Cuiabá, foram presos no último dia 22, na Itália. A informação foi divulgada pela Polícia Federal nesta quarta-feira (27). A polícia italiana comunicou a prisão às autoridades brasileiras, porém, não deu detalhes sobre o caso e nem informou se o casal continua detido naquele país, de acordo com a PF. Eles são os principais suspeitos do sequestro da criança, que vivia com a família adotiva desde os quatro meses de idade.

Em janeiro deste ano, a Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol) localizou a menina na região de Cassola na Itália. No entanto, no mês seguinte, a Secretaria de Direitos Humanos (SDH), ligada à Presidência da República, que também acompanha o caso, alegou ter ocorrido um equívoco por parte da Interpol e que, na verdade, Ida estaria na República Dominicana.

A Secretaria de Direitos Humanos (SDH) também tinha solicitado à época ao governo da República Dominicana que a menina retornasse ao Brasil.

Em nota, a SDH informou que acompanha esse caso desde abril de 2014, quando a Defensoria Pública da União, a pedido dos pais adotivos, solicitou intervenção da SDH no sequestro. Em dezembro de 2014, a polícia italiana informou que a última movimentação internacional da criança teria sido a entrada na República Dominicana, onde moram os avós maternos da criança. Desde então, o órgão vem mantendo contato com a Interpol e demais autoridades dominicanas.

A mãe adotiva de Ida, Tarsila Gonçalina de Siqueira, que tinha a guarda provisória da menina após ela ter sido abandonada pelos pais biológicos em Cuiabá, ainda não sabe o paradeiro da filha.

“Fiquei sabendo da prisão deles [dos pais] pela internet. Desde que ela foi localizada, não tenho informações sobre com quem ela está e nem onde está morando”, disse ao G1.

O caso
 
Ida é filha de uma dominicana com um italiano. Devido à prisão dos pais biológicos no Brasil por tráfico de drogas, a menina foi entregue aos cuidados de uma mãe adotiva. Ela foi deixada pelos pais em um hotel, onde a irmã adotiva trabalhava. A funcionária manifestou interesse em ficar com a criança e a família conseguiu a guarda.

A criança foi levada à força por um homem armado de dentro da residência onde morava com a família adotiva, no Bairro Goiabeiras, na capital. No momento, só estava ela e a irmã adotiva no local. Quando o sequestrador viu a menina, que à época tinha 8 anos, ele entrou na casa, a arrastou pelos cabelos e a levou até o carro, onde estava um cúmplice dele.

Com a menina, os sequestradores entraram em contato com a família adotiva por meio de mensagem SMS e fizeram ameaças caso a polícia continuasse investigando o caso. Depois de encerrar as buscas sem sucesso, a Polícia Civil de Mato Grosso repassou as investigações para a Interpol, que emitiu alerta com informações sobre as características da menina.

Segundo o inquérito da Polícia Civil, que investigou o caso naquele ano, ela provavelmente estaria com os pais biológicos na Itália.

Estado Islâmico mata 20 homens em anfiteatro de cidade síria

Militantes sunitas radicais tomaram o controle da cidade no centro da Síria.Ruínas de 2.000 anos são patrimônio mundial da Unesco.


Militantes do Estado Islâmico mataram cerca de 20 homens em um antigo anfiteatro na cidade síria de Palmira nesta quarta-feira (27), acusando-os de serem partidários do governo, disse um grupo de monitoramente do conflito.

A agência de notícias Reuters não conseguiu confirmar independentemente a informação do Observatório Sírio para os Direitos Humanos, com sede na Grã-Bretanha.

Os militantes sunitas radicais tomaram o controle da cidade no centro da Síria, também conhecida como Tadmur, das forças do governo na semana passada e mataram pelo menos 200 pessoas e levaram cerca de 600 para cativeiro, de acordo com o Observatório.

"Eles executaram cerca de 20 homens no anfiteatro romano e chamaram as pessoas para assistir", disse o representante do Observatório Rami Abdulrahman, citando fontes de dentro da cidade.

Os apoiadores do Estado Islâmico escreveram no Twitter que um número de pessoas foi morta pelo grupo dentro do anfiteatro, que faz parte das ruínas de 2.000 anos da cidade que são um patrimônio mundial da Unesco.

Corinthians tenta convencer Guerrero e Sheik para economizar R$ 1,7 milhão


O presidente corintiano Roberto de Andrade negocia os termos das rescisões contratuais de Emerson Sheik e Paolo Guerrero. A ideia do Corinthians, que já anunciou a liberação de Guerrero, é economizar até R$ 1,7 milhão com os dois rompimentos. É com o estafe do peruano que o acordo está melhor encaminhado.

 

Como já está definido que Guerrero não joga mais pelo Corinthians, pedido reforçado por seus agentes ao presidente corintiano na terça-feira, o clube não quer pagar um salário e meio a que ele ainda teria direito por contrato. Isso representa mais de R$ 600 mil.

Há, por parte do jogador e de seu estafe, um bom entendimento em aceitar esse acordo. Ele embarca para a disputa da Copa América nos próximos dias e defenderá o Flamengo a partir de julho. Recentemente, todas as dívidas com Guerrero (cerca de R$ 2 milhões) foram quitadas pelo Corinthians. 

A situação com Emerson Sheik é mais difícil, pois dois meses de salários ainda precisam ser pagos e somam mais de R$ 1 milhão. Além disso, o estafe de Sheik sabe que o próximo contrato a ser firmado por ele não será no mesmo patamar. Publicamente, o agente Reinaldo Pitta já avisou que o atacante permanece no clube até 31 de julho.

Por conta desse entrave é que o gerente de futebol Edu Gaspar anunciou apenas a decisão de não utilizar mais Guerrero, embora esteja encaminhada também a saída de Sheik. Nas próximas horas, o presidente Roberto de Andrade tentará encontrar uma solução amigável para liberar Emerson e aumentar a economia do Corinthians.

Novo técnico do São Paulo não tem estilo 'paizão', odeia regalias e se espelha em Ferguson


Contratado para a vaga que pertencia a Muricy Ramalho, Juan Carlos Osorio aprendeu muito sobre a carreira de técnico na Europa. Licenciado na Holanda, pós-graduado em Liverpool e com experiência como auxiliar no Manchester City nos anos 2000, o colombiano é considerado um sujeito sério, que não admite nenhum tipo de regalias aos jogadores.

O treinador será apresentado na próxima quinta-feira (28) no CT da Barra Funda e uma das primeiras impressões que os atletas devem ter sobre o novo comandante é de que não se trata de um "paizão". O estilo é respeitoso, mas com muita cobrança. 

Em conversa com a ESPN Brasil, Jorge Bermudez, jornalista da Colômbia, amigo pessoal e responsável por escrever um livro sobre Osorio, afirma que o técnico é uma pessoa respeitosa e que vai exigir muito do elenco.

"Ele é uma pessoa respeitosa, mas sério. Não é de tratar mal nenhum jogador, mas também não é ‘paizão'. Tudo parte da responsabilidade, respeito, uma grande pessoa que trata a todos com o devido respeito. Não permite regalias, exige competitividade cotidiana. Para ganhar, os jogadores vão ter que treinar muito. Ele não é bravo, é decente, sério e exigente", afirma Bermudez, que deve lançar um livro sobre os métodos de trabalho de Osorio nos próximos meses.

O período na Europa também ajudou o técnico a lapidar seus estilos favoritos de jogo. Meia do Deportivo Pereira na década de 80, ele se apaixonou pelo esquema com dois jogadores abertos nas pontas e apenas um centroavante. A consolidação da tática favorita veio no contato com dois modelos que considera ideal: o de Van Gaal e o de Sir Alex Ferguson.

"Ele atua com dois extremos abertos pelas pontas e um centroavante. Esse é o esquema tático que o fez crescer. Na Colômbia se usava na época em que ele era jogador. Guardiola usou o mesmo sistema", analisou.

"Quando ele estava na Europa, estudou duas escolas que atuavam com jogadores abertos nas pontas. Uma foi a holandesa, onde ele se licenciou como técnico. A outra foi com Alex Ferguson, em Manchester. Quando Osorio trabalhou no Manchester City, ele queria saber como Ferguson treinava. Ele aprendeu a usar dois extremos e um meia centralizado. O meia centralizado era mais como Beckham e um jogador aberto mais como Neymar, rápido e driblador", completou.

Osorio chega ao São Paulo com contrato de dois anos. O clube está sem treinador desde abril deste ano, quando Muricy Ramalho deixou a equipe.


Em domingo de festa no Parque, Hortolendo reúne mais de 35 mil pessoas

Pelo quinto ano consecutivo, política pública da Prefeitura promove acesso a livros de qualidade e o amor à leitura em dia de festa ao ar livre no Parque Creape.
 
Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Sob a inspiração do escritor Monteiro Lobato, mestre da literatura infantil brasileira, Hortolândia celebrou, neste domingo (24/05), o prazer de ler. Em dia de festa e magia no Parque Creape (Centro de Referência em Educação Ambiental Parque Escola), no Jd. Santa Clara do Lago, Pedrinho, Narizinho, a boneca Emília e o Visconde de Sabugosa, entre outros personagens do mundo encantado da imaginação, receberam de braços abertos as mais de 35 mil pessoas que, segundo a Secretaria de Educação, passaram pelo 5º Hortolendo, entre as 10h e as 17h.

Realizada pela Prefeitura de Hortolândia, com apoio da Fundação Agostinho de Cultura, a festa literária é o ponto mais visível da política pública municipal de acesso a livros literários de qualidade, visando à formação de leitores e cidadãos. Também integra a programação oficial de aniversário dos 24 anos de emancipação do município. O prefeito Antonio Meira e secretários municipais prestigiaram a abertura do evento, que contou com várias atrações musicais, dentre elas a Banda Municial e as fanfarras da EE (Escola Estadual) Prof.ª Liomar Freitas Câmara e da Emeb (Escola Municipal de Educação Básica) Interlagos.

Além de dezenas de tendas literárias para distribuição gratuita de livros e contato direto com autores; espaços para jogos, brincadeiras e pintura de rosto; exibição de trabalhos de alunos da rede municipal, a partir da obra infantil de Lobato; e de cantinhos acolhedores para contação de história, com livros dependurados nas árvores, neste ano, o evento recebeu os visitantes com novidades. Entre elas estavam os sete carrinhos instalados em diversos pontos do Creape, para distribuição gratuita de pipoca, ao longo do dia, com direito a pipoqueira personalizada com o logotipo do evento, como brinde. Outra atração,  testada pelo prefeito Antonio Meira, foi o livro gigante interativo onde os participantes podiam brincar de jogo da velha ou caça-palavras. Na árvore das histórias, um convite: “Seja o protagonista de sua história!”. Pintada com olhos de Emília, Maria Helena Silva Macedo, de 10 anos, estudante da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Jd. Nova Europa, que veio ao evento junto com as amigas, deixou o seu recado afixado em papel colorido. “Deus, cuide bem desse lugar tão lindo!”  

Na tenda da literatura de cordel, crianças (e também adultos) faziam fila para tirar foto nos painéis pintados com a figura da Emília e do Visconde. Outra atração disputada foi o espaço “Tininha no Sítio do Picapau Amarelo”, uma tenda personalizada onde a arte educadora Cristina Lazaretti contava histórias do universo de Monteiro Lobato diante de dezenas de olhinhos curiosos. 

Como nas edições anteriores, a população prestigiou mais uma vez a “Feira de Troca de Livros”, montada pela Secretaria de Cultura. Sempre movimentada, do início ao fim da festa, a Feira realizou mais de 3.000 trocas, inovando com a adoção da triagem de livros por cor. "A pessoa trazia o livro e nós classificávamos o item em branco, rosa ou amarelo. O objetivo era promover uma troca justa em relação à qualidade e ao gênero de livros. A população aderiu e assimilou a sistemática durante o evento. Julgo que foi uma experiência muito positiva e pretendemos aperfeiçoá-la para as próximas edições”, explicou o bibliotecário responsável, Rafael Antonio da Silva. A professora Kelly Angulo, de 41 anos, trouxe seis livros para trocar na Feira. “É interessante, porque promove a cultura. Juntando com os da minha família, trouxemos 15 livros”, explicava. 

A fim de estimular o hábito da leitura entre os moradores da cidade, em especial os alunos da rede municipal de ensino, a Prefeitura distribuiu, ao longo de todo o evento,  mais de 35 mil livros. Num dos pontos de entrega, a analista de sistema da IBM, Elaine Venceslau, de 35 anos, que veio da capital morar em Hortolândia há cerca de um ano com a filha Gabrielle, de 11 anos, estava admirada com o tamanho da festa. “Nunca tinha visto uma festa literária pública, assim tão bem organizada. Estimula as pessoas a ler”, afirmava. “A leitura é muito importante. Melhor ainda quanto é associada ao cuidado ambiental”, destacou.

Ex-aluno de escola municipal, Caio Gregory Willians, de 12 anos, que agora estuda na EE Manoel Inácio, costuma vir ao Hortolendo. “É bem organizado e bonito. Dá vontade de ler.” A irmã, Anna Beatrice, de 10 anos, aluna da Emef Patrícia Capelato Basso, estava toda feliz por participar da festa com trabalho em Gibi, exposto em uma das tendas. “Vimos todo ano. É fantástica a iniciativa. Meus filhos esperam por ela. Cria um vínculo muito positivo com a leitura”, afirma a professora de inglês Fabiana Wilians, de 39 anos, moradora do Parque Ortolândia e mãe dos dois.

“O Hortolendo acontece no mês do aniversário da cidade para presentearmos a comunidade hortolandense com cultura, diversão e a exposição de trabalhos dos nossos alunos nas escolas municipais. Nosso objetivo é fazer a criança criar vínculos positivos com o livro, incentando a leitura e a formação de leitores, propondo a ela esta interação e contribuindo com a formação de cidadãos”, explica a secretária de Educação, Cleudice Baldo Meira. “Foi um dia muito feliz para todos nós. O Hortolendo vem sendo aprimorado a cada ano, graças ao trabalho de uma equipe unida, séria, dedicada e responsável. O sucesso é fruto da união de todos: professores, gestores, funcionários e alunos da rede municipal. O Hortolendo alcançou o seu objetivo, com a integração das famílias hortoleandenses, que prestigiaram o evento”, avalia.

Hortolendo é referência

Embora voltada aos 23 mil alunos das 56 unidades escolares da rede municipal, a festa é aberta à comunidade e tem-se tornado referência em incentivo à leitura na região. Neste ano, o Hortolendo homenageou o escritor Monteiro Lobato e sua obra infantil. Em 2014, destacou a obra da escritora paulistana Ruth Rocha e reuniu cerca de 30 mil pessoas. Este é o primeiro ano em que a festa literária recebe aprovação na Lei Rouanet (Lei de Incentivo à Cultura) e recursos para a sua realização.


Área revitalizada no Jd. Boa Esperança foi inaugurada nesta quarta-feira

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

O prefeito Antonio Meira participou, nesta quarta-feira (27/05), da cerimônia de entrega à população da revitalização da área de convivência do Jardim Boa Esperança. O evento de entrega do espaço à comunidade acontece às 8h. Os equipamentos de lazer estão implantados ao lado da EMEF Jardim Boa Esperança, na rua dos Canários, s/n. A ação faz parte do calendário de comemoração pelos 24 anos de Hortolândia.

A revitalização da área de convivência é uma iniciativa da Secretaria de Educação, por meio do Departamento de Manutenção Escolar. No local que antes estava desocupado, foram implantados quadra esportiva, academia ao ar livre, parquinho com brinquedos para as crianças e tanque de areia. O espaço também recebeu grama, paisagismo, bancos, bebedouros, além de mureta de proteção e gradil.

A proposta é garantir mais uma opção de lazer à população, que poderá desfrutar do espaço aberto à comunidade.

Marin e outros 10 acusados de corrupção são banidos pela Fifa


A Fifa anunciou o banimento temporário de 11 envolvidos na investigação da Justiça dos Estados Unidos sobre um esquema de corrupção no futebol mundial. Entre os punidos está o ex-presidente da CBF e do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014, José Maria Marin.

"As acusações estão claramente relacionadas ao futebol e são de uma grave natureza que foi imperativo tomar medidas rápidas e imediatas", afirmou o presidente do comitê de ética da Fifa, Hans-Joachim Eckert. "O processo seguirá de acordo com o Código de Ética da Fifa".

De acordo com comunicado da Fifa, os 11 envolvidos estão proibidos de realizar qualquer atividade relacionada ao futebol, em nível nacional ou internacional. Marin e os outros detidos podem pegar até 20 anos de prisão.

Além de Marin, foram punidos Jeffrey Webb (vice-presidente da Fifa, presidente da Concacaf), Eduardo Li (presidente da Federação Costarriquenha e membro dos comitês executivos da Fifa e da Concacaf), Julio Rocha (presidente da federação da Nicarágua), Costas Takkas (dirigente da Concacaf), Eugenio Figueredo (vice-presidente da Fifa e ex-presidente da Conmebol e da federação uruguaia), Rafael Esquivel (presidente da Federação Venezuelana e membro do comitê executivo da Conmebol), Nicolás Leoz (ex-presidente da Conmebol), Jack e Darryll Warner, e Chuck Blazer.

Nesta quarta-feira (27), uma operação liderada pelo FBI em parceria com a polícia suíça deteve sete dirigentes de alto escalão, entre eles Marin, sob a acusação de corrupção em entidades ligadas à Fifa. A dois dias da eleição para a presidência da entidade máxima do futebol, as autoridades suíças adentraram o hotel cinco estrelas em Zurique em que estes cartolas estavam hospedados e fizeram as detenções, de acordo com nota oficial do Departamento de Justiça norte-americano.

Segundo o comunicado do Departamento de Justiça, um total de 14 réus são acusados de extorsão, fraude, lavagem de dinheiro, entre outras irregularidades. A investigação aponta suborno de US$ 150 milhões (cerca de R$ 450 milhões) em questões ligadas a transmissão de jogos e direitos de marketing do futebol na América do Sul e Estados Unidos. 

Seis dos sete dirigentes presos nesta quarta recusaram a extradição para os Estados Unidos. Desta forma, as autoridades suíças pedirão aos Estados Unidos o envio de "pedidos formais de extradição num prazo de 40 dias", conforme o tratado em vigor entre ambos os países, para dar prosseguimento ao caso.

'Dono do futebol brasileiro', réu confesso J. Hawilla terá que devolver US$ 151 mi 48


Além do ex-presidente da CBF José Maria Marin, de 83 anos, outros dois brasileiros são citados pela Justiça norte-americana no escândalo de corrupção entre a Fifa e empresas de marketing e transmissão esportiva.



O mais conhecido deles é o réu confesso José Hawilla, de 71 anos, dono da Traffic Group, maior agência de marketing esportivo da América Latina, que tem os direitos de transmissão, patrocínio e promoção de campeonatos de futebol e jogadores, além de empresas de comunicação no Brasil.

O departamento de Justiça revelou que J. Hawilla, como prefere ser chamado, teria confessado culpa, em dezembro do ano passado, por acusações de extorsão, fraude eletrônica, lavagem de dinheiro e obstrução da justiça - ele é o único brasileiro entre os réus confessos declarados culpados pela Justiça dos EUA.

O caso envolvendo Hawilla, uma das figuras mais proeminentes do futebol nacional, só veio a público na manhã desta quarta-feira, com a divulgação da nota do departamento de Justiça, onde aparece com destaque.

Segundo a nota do governo dos EUA, o executivo teria concordado com o confisco de US$ 151 milhões de seu patrimônio - US$ 25 milhões deste total já teriam sido pagos no momento da confissão. O mandatário da Traffic já foi classificado diversas vezes pela imprensa nacional como "dono do futebol brasileiro".

De acordo com reportagens publicadas pela imprensa brasileira nos últimos 10 anos, estima-se que o faturamento anual da empresa de J. Hawilla, que começou a carreira profissional como vendedor de cachorros-quentes, gire em torno de US$ 500 milhões.

Negócios lucrativos

O Departamento de Justiça americano indiciou 14 pessoas por fraude, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha: nove dirigentes da Fifa e cinco executivos de empresas ligadas ao futebol.

O grupo é acusado de armar um esquema de corrupção com propinas de pelo menos US$ 150 milhões de dólares (mais de R$ 470 milhões), que existe há pelo menos 24 anos.

"O indiciamento sugere que a corrupção é desenfreada, sistêmica e tem raízes profundas tanto no exterior como aqui nos Estados Unidos", disse a procuradora-geral Loretta Lynch. "Essa corrupção começou há pelo menos duas gerações de executivos do futebol que, supostamente, abusaram de suas posições de confiança para obter milhões de dólares em subornos e propina."

A nota divulgada pela Justiça americana afirma ainda que investiga suposto pagamento e recebimento de suborno e propina em um acordo de patrocínio "da CBF com uma grande fabricantes de roupas esportivas dos EUA", na seleção do país anfitrião da Copa do Mundo de 2010 e nas eleições presidenciais da FIFA em 2011.

"Que fique claro: este não é o último capítulo na nossa investigação", disse o procurador americano Kelly T. Currie, durante o anúncio dos envolvidos no esquema de corrupção.

A empresa de J. Hawilla é a atual responsável pelos direitos de torneios como a Copa Libertadores, passes de jogadores como o argentino Conca e o brasileiro Hernanes, dona de times como o Estoril Praia, de Portugal, e pelas vendas de camarotes do Allianz Parque, estádio do Palmeiras, em São Paulo.

A Traffic teve exclusividade na comercialização de direitos internacionais de TV da Copa do Mundo da Fifa no Brasil, em 2014. O empresário brasileiro também foi o responsável pelo contrato celebrado em 1996 entre a Nike e a seleção brasileira - alvo de uma CPI, encerrada em junho de 2001 sem desdobramentos práticos.

Em 2008, J. Hawilla foi eleito o 56º homem mais influente do futebol mundial pela revista britânica World Soccer.

Marin e Margulies

José Maria Marin, presidente da CBF até o mês passado, é outro brasileiro entre os detidos pela polícia americana. Aos 83 anos, tem fama de ter subido na carreira por ser "o homem certo no lugar certo".

Marin já foi governador biônico de São Paulo durante a Ditadura Militar, deputado estadual paulista e vereador paulistano. Atualmente, ele é filiado ao PTB.

Assumiu o governo de São Paulo em 1982, quando o então governador Paulo Maluf foi disputar o cargo de deputado federal.

Também chegou à Presidência da CBF com uma renúncia, quando Ricardo Teixeira deixou o cargo por problemas de saúde e pressionado por denúncias de irregularidades à frente da entidade. Conforme estatuto da CBF, como Marin era o vice mais velho, ele assumiu a presidência da federação, integrando também a chefia do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014.

Logo que assumiu o cargo, Marin já foi reconhecido por gafes: já confundiu Ronaldo com Romário e, em 2012, foi flagrado colocando no bolso uma das medalhas da Copa São Paulo de Futebol Júnior durante a premiação aos jogadores vencedores do torneio.

O terceiro brasileiro investigado pelo FBI é José Margulies, de 75 anos, proprietário das empresas Valente Corp. e Somerton Ltd., ambas ligadas a transmissões esportivas.

Segundo o departamento de Justiça, Margulies supostamente atuou como intermediário para facilitar pagamentos ilegais entre executivos de marketing esportivo e autoridades do futebol.

Margulies aparece na lista dos acusados pela Justiça americana - que inclui outras nove pessoas, mas não traz mais informações sobre os desdobramentos práticos das acusações.

Uma representante da Traffic Sports disse à BBC Brasil que não havia ninguém disponível para comentar o teor da nota, até a publicação desta reportagem.

Copa do Mundo do Brasil será investigada; acusados podem pegar 20 anos de cadeia

Entre os presos estão José Maria Marin, Ex-Presidente da CBF e integrantes da Commenbol.


Após a operação surpresa que terminou com a prisão de José Maria Marin, ex-presidente da CBF, e outros executivos da Fifa na Suíça, a Justiça dos Estados Unidos garantiu que a Copa do Mundo de 2014, no Brasil, será investigada a fundo, e que os acusados de corrupção podem ser presos por até 20 anos.


"O processo de candidatura do Brasil para a Copa do Mundo de 2014 já está sendo investigado. No entanto, não posso dar mais detalhes sobre isso no momento", revelou Loretta Lynch, secretária de Justiça dos EUA, em coletiva realizada em Nova York, nesta quarta-feira.

"As penas para os acusados podem chegar a até 20 anos de cadeia, mas depende de cada um dos acusados. Vamos ver cada investigação caso a caso para ver a possível pena para cada indivíduo", completou.

Segundo Kelly Currie, promotor federal de Nova York, diversos países estão colaborando com a investigação, que tem como objetivo "limpar de vez o futebol mundial".

O advogado disse que as informações já estão sendo passadas para o Brasil, onde muitos casos devem se desenrolar nos próximos meses.

"Já enviamos diversas inforamações para as autoridades brasileiras, que agora devem proceder da maneira que lhes parecer adequada", afirmou Currie.

Segundo o promotor, os Estados Unidos conduziram as investigações porque diversos processos de distribuição de propinas aconteceram em solo americano, além de envolverem entidades sediadas no país, como a Concacaf, que fica em Miami.

O FBI, que esteve presente na prisão dos acusados em Zurique, também se pronunciou sobre o caso, e assegurou que está trabalhando para desmembrar os esquemas de corrupção que assolam o futebol mundial.

"Uma das lições desse caso é a mensagem: este tipo de esquema não passará despercebido, será sempre notado. Muitas pessoas se envolvem nesse tipo de prática pensando que vão se dar bem, mas não será assim. Estamos atrás de desmembrar os esquemas e não iremos descansar até o momento que o mundo entenda que esses esquemas não serão tolerados e serão castigados com todo o rigor da lei", bradou James Comey, diretor do FBI.

terça-feira, 26 de maio de 2015

Alckmin fracassa em acordo e Metrô entra em greve em SP e na CPTM

Fonte: UOL Notícias

Terminaram sem acordo as audiências de conciliação do Metrô e da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) com representantes dos funcionários das duas empresas vinculadas ao governo do Estado de São Paulo. Os encontros aconteceram na tarde desta segunda-feira (25) na sede do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, na capital paulista. Greves dos metroviários e dos ferroviários por melhores salários estão marcadas para a próxima quarta-feira (27).

O Metrô oferece reajuste salarial de 7,21% para metroviários e engenheiros. Os metroviários querem, porém, um aumento de 18,64%, reajustes na cesta básica e no vale-refeição, entre outras reivindicações. O Sindicato dos Engenheiros pleiteia uma elevação de 17,01%.

Para tentar solucionar o impasse, o Núcleo de Conciliação do tribunal propôs um reajuste de 7,21% mais 1,5% de produtividade. A proposta será analisada pela direção do Metrô e pelos trabalhadores. Os metroviários realizarão uma assembleia às 18h30 desta terça-feira (26).

Ficou marcada para a próxima segunda-feira, dia 1º, uma nova reunião de conciliação no TRT.

A Justiça também propôs uma cláusula de paz a ser cumprida por empresa e sindicatos. A intenção é que, durante as negociações salariais, os trabalhadores mantenham o estado de greve sem promover qualquer paralisação efetiva dos serviços, e que o Metrô respeite a atuação dos sindicatos sem praticar "retaliação, perseguição, despedida ou qualquer outro ato que importe em descumprimento ou impedimento da liberdade sindical e do exercício do direito de greve".

Na semana passada, o mesmo tribunal determinou que, durante a greve programada para quarta-feira, 100% dos metroviários devem trabalhar nos horários de pico -- das 6h às 9h e das 16h às 19h -- e que 70% trabalhem nos demais horários. O Metrô de São Paulo tem quase 10 mil funcionários.

Por meio de nota, o Metrô afirmou que "mantém aberto o diálogo com a categoria para fechar acordo e que uma paralisação injustificada em meio ao processo de negociação causará prejuízo à toda população de São Paulo". 

CPTM

 

A CPTM oferece reajuste salarial de 6,65%, mas os ferroviários querem 7,89% de correção mais 10% de aumento real.

Como solução, o desembargador Wilson Fernandes, vice-presidente judicial do Tribunal, propôs um reajuste 6,65% mais 1,5% de produtividade.

Uma nova audiência está agendada para as 10h desta terça-feira (26). "A audiência foi adiada para que possa haver uma discussão em cima de propostas reais. Vamos fazer o possível para evitar a greve", disse o desembargador.

Na última sexta-feira (22), a Justiça ordenou que, durante a greve, os ferroviários devem manter 90% do efetivo de maquinistas e 70% dos demais funcionários nos horários de pico -- entre 4h e 10h e entre 16h e 21h – e um contingente de 60% nos demais horários.

A decisão judicial também impede que os trabalhadores liberem as catracas para os usuários. Os sindicatos que representam os funcionários da empresa estão sujeitos a pagar multa diária de R$ 100 mil caso não cumpram as determinações.

domingo, 24 de maio de 2015

Motociclista perde perna em acidente

Fonte: Todo Dia         Repórter: Antônio Miloch

Um motociclista de 38 anos teve parte da perna amputada ao colidir de frente contra um ônibus na estrada vicinal que liga Santo Antônio de Posse e Jaguariúna, na manhã de ontem. Segundo a Polícia Civil, o pedreiro Maurício Donizete Correia da Silva também corre risco de perder um braço. O acidente ocorreu em um trecho conhecido como "curva da morte". O motorista do coletivo relatou que a vítima invadiu a contramão. 
 
O acidente aconteceu por volta das 6h45 na Estrada Vicinal Oscar Pereira Dias, na região do bairro Córrego Bonito, em Santo Antônio de Posse. Segundo a Polícia Civil, o motorista do ônibus, que é de transporte particular, disse que dirigia de Jaguariúna sentido Posse quando Silva invadiu a contramão, num trecho da via conhecido por "curva da morte de Jaguariúna". 
 
O pedreiro pilotava uma Honda CBX Twister vermelha e bateu na lateral esquerda dianteira do ônibus. Ele perdeu a perna esquerda do joelho para baixo. A PM (Polícia Militar) foi ao local e acionou o resgate. Silva foi transferido para o HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). 
 
"A informação que nós temos é a de que se ele ficasse aqui ele também iria perder o braço", relatou o cabo Fressato, da PM. "Também teve várias fraturas no braço." Segundo o cabo, Silva não estava em condições de relatar o que houve ao ser atendido. "Parece que ele não conseguiu fazer a curva." 
 
A vítima é moradora no bairro Bela Vista, em Santo Antônio de Posse. 
 
Familiares dele foram procurados por meio de um telefone celular da vítima. A ligação não foi atendida.

Avião com Angélica e Luciano Huck faz pouso forçado em MS

Bimotor levava 9 pessoas: filhos, babás e tripulação também não se feriram. Incidente ocorreu perto da rodovia MS-080, a 30 km de Campo Grande.

 Fonte: TV Morena MS                                      Repórter: Graziela Rezende Do G1 MS

Uma aeronave de pequeno porte fez um pouso forçado na manhã deste domingo (24) na área de uma fazenda a cerca de 30 km de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul.

Estava no bimotor o casal de apresentadores Angélica e Luciano Huck, acompanhado dos três filhos e de duas babás. A tripulação era composta por um piloto e um copiloto.

Segundo a assessoria da Santa Casa de Campo Grande, Angélica sofreu escoriações. Todos passam bem e foram submetidos a exames. A família deve seguir ainda neste domingo para São Paulo.


Angélica está com equipe no Pantanal de Mato Grosso do Sul para gravar temporada especial de Estrelas

COMO FOI O ACIDENTE
 
De acordo com o Corpo de Bombeiros e com a Aeronáutica, o pouso forçado ocorreu em uma propriedade nas imediações da rodovia MS-080, na saída para a cidade de Rochedo.


A aeronave tinha decolado de Estância Caimam, em Miranda, perto de Bonito, e seguia para Campo Grande.
 
Perto da aproximação para o pouso, às 10h52, o piloto avisou à Torre de Controle em Campo Grande que estava em situação de emergência e que faria pouso forçado.

 RESGATE DOS FERIDOS
 
O Coronel Hudson Farias de Oliveira, do Corpo de Bombeiros, informou que os feridos foram levados em quatro carros dos bombeiros e ao menos um deles foi resgatado de helicóptero.
 
Segundo o coordenador do Samu, Eduardo Cury, o copiloto foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Universitária.

MODELO DO AVIÃO
 
Segundo a Aeronáutica, o avião envolvido no acidente é um Embraer, modelo 820C, matrícula PT-ENM. A aeronave pertence à empresa MS Táxi Aéreo.

O avião estava com a documentação regular, segundo registros disponibilizados no site da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A inspeção anual de manutenção tinha validade até 12 de junho de 2015.

INVESTIGAÇÃO
 
Um helicóptero da Base Aérea de Campo Grande foi enviado para apoiar nos trabalhos e acompanhar a investigação. No fim da manhã, técnicos do Quarto Serviço de Prevenção e Investigação de Acidentes (SEPIPA 4) já foram deslocados para realizar a perícia e conduzir as apurações.


GRAVAÇÕES DE ESTRELAS
 
A apresentadora Angélica e a equipe estavam em Mato Grosso do Sul  para realizar gravações para o programa Estrelas, da TV Globo. De acordo com o GShow, a apresentadora grava nova temporada especial no Pantanal.


A produção levou convidados para apresentar receitas locais, realizar safári fotográfico e conduzir apresentações musicais. Rodrigo Simas, Daniel Rocha, Cristiano Araújo, Munhoz & Mariano foram alguns dos convidados.


Nas redes sociais, o casal registrou a viagem. Angélica publicou em sua conta no Instagram que estava a caminho de gravações no Pantanal na terça-feira (19). "Partiu!", escreveu.

Acompanhando Angélica, Luciano Huck publicou fotou da apresentadora no Pantanal na sexta-feira (22). "Minha pantaneira", brincou. E no sábado (23), o apresentador colocou no ar um vídeo da paisagem do local. "Que lugar lindo", afirmou.


A Central Globo de Comunicação divulgou uma nota sobre o ocorrido:


"Luciano Huck, Angélica e filhos estão bem após pouso forçado de avião que vinha do Pantanal

O avião turbo-hélice Carajá que trazia do Pantanal, essa manhã, o apresentador Luciano Huck, a apresentadora Angélica e os filhos precisou fazer um pouso forçado nos arredores de Campo Grande. A família passa bem e foi levada para exames num hospital da capital do Mato Grosso do Sul.

O avião saiu da Fazenda Caiman, no Pantanal, às 9h e, em seguida, fez um pouso forçado num pasto a cerca de 30km de Campo Grande. Levada para um hospital da cidade, a família está bem, em observação e deve seguir hoje ainda para São Paulo."