sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Atirador de Seattle era popular e gostava de caçar; além dele, uma pessoa morreu

Jaylen Ray Fryberg abriu fogo contra colegas da escola Marysville-Pilchuck High School, em Seattle, nesta sexta-feira.

Fonte: Último Segundo

 
A polícia identificou, no final da tarde desta sexta-feira (24), o estudante que abriu fogo horas antes em uma escola na região Noroeste dos EUA deixando um morto e vários feridos. O nome dele é Jaylen Ray Fryberg, calouro da instituição estadual Marysville-Pilchuck High School, localizada em Seattle, capital o Estado de Washington. 

No total, o jovem atirou em cinco pessoas, deixando uma delas morta e ferindo gravemente outras três. A idade de Fryberg, que se suicidou após o ataque, ainda não foi divulgada.

Diferente de outros casos semelhantes, Fryberg não era um jovem isolado e sem amigos. 

Longe disso, era um garoto extrovertido e popular, com bons relacionamentos, segundo pessoas próximas a ele. No entanto, nos últimos meses seu comportamento começou a se alterar, conforme deixam claras as últimas mensagens postadas pelo jovem no Twitter.

Até junho, sua página na rede social era repleta de mensagens de amor a uma garota com quem teria namorado. Fotos dos dois lado a lado em clima de romance compõem algumas das poucas imagens que Fryberg mantinha no Facebook.

Subitamente, no entanto, seus textos se tornaram raivosos. No dia 20 daquele mês, o jovem escreveu: "Que porra acabei de fazer? Merda! Posso morrer agora". O padrão foi se repetindo ao longo dos meses.

No final de setembro passado, disse em algumas ocasiões estar "cansado de tudo isso". Na terça-feira (21), três dias antes de abrir fogo contra os amigos, ele escreveu: "Eu deveria ter te ouvido. Você estava certo(a) o tempo todo. Se eu ao menos pudesse me deitar", postou, com emoticons de semblante de choro e sofrimento ao lado. Na véspera do tiroteio, divulgou sua última mensagem: "Isso não vai durar... Isso nunca vai durar".

Fryberg era membro de uma tribo chamada Tulalip e sua família era envolvida em política de nativos-americanos no Estado, uma das duas unidades federativas norte-americanas onde o consumo recreacional da maconha foi legalizado recentemente. Entre os hobbies do jovem estava a caça, o que lhe facilitava o acesso a armas de fogo, como as usadas no ataque.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Paulo Chocolate exonera 61 comissionados da prefeitura de Americana

Fonte: Todo Dia

O prefeito interino de Americana, Paulo Sérgio Vieira Neves, o Paulo Chocolate (PSC), exonerou 61 comissionados ontem. O objetivo da medida é conter os gastos públicos. Também foram retiradas as gratificações dos concursados que ocupavam cargos designados e recebiam gratificações, mas o total ainda não foi informado.
 
Ainda não há levantamento pronto sobre a economia obtida com as medidas. Mas o novo chefe do executivo já sinalizou que serão feitas mais demissões, confirmadas pela coordenação de comunicação da prefeitura.
 
Os cortes foram informados ontem pela administração, através da assessoria de imprensa.
O número de demitidos foi confirmado pelo Setor de Recursos Humanos da prefeitura. Os demitidos foram comunicados ontem sobre a dispensa do trabalho.
 
No caso dos concursados com gratificações, eles voltam para os cargos de origem, que ocupavam antes de serem designados para função de comissionados.
 
O coordenador da Comunicação, Wander Pessoa, informou que hoje será apresentada a estimativa mensal de economia.
 
PAGAMENTO
 
Com relação ao pagamento da rescisão contratual, o coordenador de comunicação informou que o pagamento será feito dentro de um cronograma.
 
Pessoa informou ainda que novas demissões ainda serão feitas, mas o número ainda não havia sido confirmado. O coordenador não divulgou quando elas ocorrerão.
 
Antes de deixar o cargo, o prefeito afastado Diego De Nadai (PSDB) havia informado que a prefeitura contava com 484 ocupantes de cargos comissionados e 723 designados.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Adolescente de 17 anos é crucificado pelo Estado Islâmico na Síria

Jovem não teve a identidade revelada; placa em seu pescoço dizia que ele havia sido morto por trair os extremistas sunitas.

Fonte: Último Segundo

Militantes do Estado Islâmico publicaram foto de um adolescente sendo crucificado e assassinado sob acusação de ter tirado foto da base do grupo sunita na Síria. As informações são do Daily Mail.

Imagens supostamente tiradas na praça central de Raqqa, Síria, mostram corpo ferido e manchado de sangue de um jovem de 17 anos não identificado. Ele estava amarrado a uma cruz.

Um cartaz escrito à mão pendurado no pescoço do rapaz o acusava de "apostasia" - abandono da religião - e dizia que ele foi crucificado por três dias depois de ser pego recebendo 500 liras turcas por cada foto que tirou de uma base militar do Estado islâmico.

A imagem do adolescente assassinado apareceu na conta de um grupo de ativistas em uma mídia social conhecida como "Raqqa está sendo abatida Silenciosamente". O grupo é composto por um punhado de indivíduos incrivelmente corajosos que se opõem ao EI e - apesar da cidade ter sido tomada pelo grupo e ser o centro de sua liderança – tentam documentar a violência do grupo em sua cidade natal.

A imagem tem circulado no Twitter tanto por grupos anti-EI quanto por simpatizantes, que definem friamente o crime como um exemplo positivo de interpretação do Islã. Charlie Winter, do programa anti-extremismo Fundação Quilliam, disse que a crucificação é um castigo dispensado pelo EI para crimes específicos.

"A crucificação foi usada muitas vezes - e é uma punição para os que cometeram traição", disse ele ao jornal The Independent.

A crucificação utilizada pelo Estado Islâmico como punição decorre de sua interpretação fundamentalista do versículo 33 do quinto livro do Corão.

O versículo diz: "Na verdade, a pena para aqueles que lutam contra Alá e Seu Mensageiro e está na Terra [para causar] corrupção devem ser a morte por crucificação ou ter suas mãos e pés cortados ou exilados da terra".

 

Maior aranha do mundo mede 30 centímetros e pode ter o peso de um filhote de cão

Cientista da Universidade de Harvard encontra raro exemplar de espécie de tarântula que vive em florestas tropicais


RIO - Um entomologista e fotógrafo do Museu de Zoologia Comparativa da Universidade de Harvard deu de cara com o maior pesadelo de muita gente enquanto fazia uma caminhada norturna por uma floresta tropical na Guiana: a maior aranha do mundo. 
 
Piotr Naskrecki conta em seu blog que ouviu um farfalhar do chão da floresta, e, ao ligar a lanterna, descobriu que tinha companhia em sua caminhada noturna, uma Goliath Birdeater da América do Sul, uma aranha cujas pernas podem chegar a 30cm, ligadas a um corpo do tamanho de um “punho grande”. Essas aranhas podem pesar até 200g, sendo tão pesadas quanto um filhote de cachorro pequeno, segundo o cientista.

A animal ainda faz um ruído aterrorizante quando caminha. Suas patas têm “garras duras que produzem um som muito peculiar, como estalos, não muito diferente de cascos de um cavalo batendo no chão”, descreveu o entomologista em seu relato. Por causa de seu tamanho, a Goliath Birdeater (“comedora de pássaros”, em tradução livre) é, provavelmente, a única aranha do mundo que pode ser ouvida ao andar.

Apesar do nome, o cientista explicou que as aves não são uma refeição normal para a espécie Theraphosa blondi, que prefere se alimentar do que encontra no chão da floresta, incluindo insetos, minhocas e rãs. Ainda assim, se ela encontrar um ninho caído no chão, por exemplo, poderia matar todos os passarinhos contidos nele. Sua força tem a capacidade de matar um pequeno mamífero, injetando um veneno através de dentes que podem chegar a 2cm de comprimento.

“Elas essencialmente atacam qualquer coisa que encontram”, escreveu Naskrecki.

Assim que avistou o animal, Naskrecki achou que estava vendo um gambá. Para analisá-lo melhor, ele se aproximou, o que acabou sendo um erro.

“Toda vez que eu me aproximava da aranha, ela fazia três coisas. Primeiro, ela começava a esfregar suas pernas em seu abdômem peludo. ‘Ah, que fofo!’, eu pensei da primeira vez que vi a forma adorável como ela se comportava... Até que uma nuvem de cabelos que dão urticária atingiu meus olhos e me fez coçá-los e chorar por vários dias”, relatou o pesquisador. “Como se isso não fosse suficiente, o aracnídeo abaixava suas patas dianteiras e abria suas enormes presas, capazes de perfurar o crânio de um rato, e tentava me espetar com seus instrumentos pontudos”.

Quando são surpreendidas ou ameaçadas, essas aranhas, membros da família tarântula, ou Theraphosidae, podem emitir um ruído de assobio alto, esfregando suas pernas umas nas outras, cobertas por pelos com ganchos microscópicos.

O nome popular do aracnídeo, embora impreciso, tem sido usado desde que foi encontrada uma gravura do século XVIII que retrata um deles comendo um beija-flor.

As fêmeas podem viver por 15 a 25 anos, mas os machos morrem logo após atingirem a maturidade e só vivem por cerca de 3 a 6 anos. E, às vezes, as fêmeas comem seus companheiros.

Essas aranhas gigantes vivem em tocas, são animais noturnos e encontrados em florestas tropicais da Guiana, Suriname, Sul da Venezuela e Norte do Brasil. No entanto, elas são raras e não costumam ser vistas por humanos, como ressaltou Naskrecki.

“Eu venho trabalhando nos trópicos da América do Sul há muitos e muitos anos, e nos últimos 10 a 15 anos, eu só encontrei uma aranha dessa espécie três vezes”, disse ele.

Vendedor é acusado de agredir a mulher grávida em Nova Odessa

Fonte: Todo Dia

Um homem é acusado de ter agredido a mulher, grávida de dois meses, a socos, tapas, chutes e puxões de cabelo na Rua das Imbuias, no Jardim Alvorada, em Nova Odessa, às 3h de ontem. A vítima foi atendida no hospital. Segundo ela disse à polícia, o casal brigou porque o agressor estava bêbado. 
 
A PM (Polícia Militar) foi acionada para atender à ocorrência. Na residência, a vítima, a auxiliar de cozinha J.A.H., 28, grávida de dois meses, informou que havia sido agredida pelo companheiro, o vendedor Jefferson William Pereira, 25. 
 
A vítima informou que foi agredida com tapas, chutes e puxões de cabelo. O casal morava junto há apenas uma semana. 
 
Segundo a vítima, a agressão ocorreu na madrugada de ontem, após uma discussão, porque o companheiro estava bêbado. Ela disse que foi a primeira vez que foi agredida pelo companheiro. 
 
Segundo a vítima, o autor ainda ameaçou matar suas duas filhas com 7 e 2 anos, nascidas de outro relacionamento. A criança mais velha presenciou a agressão e ficou assustada, e a menina de 2 anos dormia na hora da briga, contou a auxiliar de cozinha. 
 
FOGO 
 
Ainda segundo a vítima, o acusado ameaçou colocar fogo na residência e em seu veículo. Ela pediu medidas protetivas para evitar novas agressões, como impedir que o agressor se aproxime dela. 
 
Ao apresentar sua versão no boletim de ocorrência, o acusado admitiu que discutiu com a mulher, mas não a ameaçou nem agrediu, porque ela está grávida. 
 
A vítima foi encaminhada ao Pronto Socorro Municipal, onde foram constatadas marcas de agressão, hematomas no pescoço, face anterior do tórax e sangramento no nariz. 
 
Segundo o boletim de ocorrência, a vítima ficará na residência e o autor na casa da mãe. A cozinheira contou que os policiais militares levaram as roupa do companheiro para a casa da mãe dele. A ocorrência foi registrada no plantão policial pelo delegado Robson Gonçalves de Oliveira. 
 
A mulher contou à reportagem que não perdeu o bebê. "Graças a Deus, não", disse. Ainda disse que se arrependeu de ter ido morar com ele. "Não quero ver ele na minha frente nem pintado de ouro", desabafou. A reportagem também deixou recado na caixa postal do celular do acusado às 13h32 de ontem, mas ele não retornou a ligação.

Homem é morto por cão da raça pit bull em Sumaré

Fonte: TVB Record

Suposto serial killer diz que está com vontade de matar, afirma delegado


Preso há quase uma semana, ele ainda pediu bebida alcoólica e revistas. Segundo a polícia, vigilante de 26 anos confessou ter matado 39, em Goiás.

Fonte: TV Anhanguera

 
O vigilante Tiago Henrique Gomes da Rocha, de 26 anos, apontado como o autor de 39 mortes em Goiânia, disse aos policiais na madrugada desta segunda-feira (20) que “está com vontade de matar”, segundo revelou o delegado Eduardo Prado. O jovem segue preso, sozinho, em uma cela da Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc).

“Ele perguntou para os agentes [que] se  matar algum indivíduo dentro do presídio [se] ele responderá criminalmente por isso. Muito estranha a atitude e as conversas desconexas que ele vem falando”, diz Prado.

Durante a madrugada, Tiago leu 40 revistas, fato que chamou a atenção da polícia. “Outra coisa curiosa é que ele lê de trás para frente de forma rápida, como se fosse dinâmica, lendo de forma alta”, pontua o delegado. Prado disse ainda que o motociclista pediu bebida alcoólica na cela, mas que não foi atendido.

Conforme o delegado, Tiago precisa de ser monitorado a todo momento. “A nossa preocupação é com a observação constante dele na cela. Ele não tem amor próprio, já tentou suicídio. Constantemente, quando eu estou na sala, ele pede para levar fio dental para ele. [Na] Hora que pergunta se é para suicidar ele dá uma risada sarcástica”, relata Prado.

O delegado alerta que, quando o suspeito for encaminhado a uma penitenciária, ele precisará de atenção redobrada. “Com certeza, quando encaminharmos ao presídio, a direção do sistema prisional irá ficar atenta a essa situação para ter um controle mais metódico da situação em relação a esse indivíduo, que é realmente de alta periculosidade”, afirmou.

Ainda não há previsão da transferência do vigilante, segundo a polícia.
 

Costureira chega em casa e encontra bandido em sua cama em americana

A costureira, que é boliviana, teve sua casa invadida no Jardim Zanaga em Americana, bandido estava debaixo da cama.


Um homem foi autuado em flagrante ao tentar furtar a residência de uma costureira boliviana na Rua João do Rio, no Bairro Antonio Zanaga, em Americana, às 22h55 de anteontem. Segundo o boletim de ocorrência, a vítima, H.O.C.L., 27, ao chegar em casa, constatou que a porta estava aberta e encontrou o acusado, o desempregado Gilvanes da Silva, 28, escondido embaixo de sua cama. A vítima disse que havia dado esmola e alimentação para ele, que fez pequenos serviços na residência. 
 
A vítima contou à polícia que pediu para Silva ir embora, e ele foi. A costureira ligou para a PM (Polícia Militar), que passou a procurar o suspeito, a partir das características descritas pela vítima. 
 
Ele usava bermuda, chinelo e camiseta amarela. Os policiais localizaram o acusado às 23h25 de anteontem na Avenida Cândido Portinari, no cruzamento com a Avenida Vitalino, no bairro onde a mulher mora. 
 
MURO 
 
O suspeito estava com R$ 3,05 e 50 centavos bolivianos. Foram apenas esses os valores furtados da residência da vítima, de nacionalidade boliviana. No imóvel não foi constatado arrombamento. A costureira acredita que o acusado tenha pulado o muro de dois metros, que possui uma cerca elétrica desativada. 
 
O delegado Robson Gonçalves de Oliveira determinou a autuação do homem em flagrante. Ainda arbitrou fiança de R$ 724, mas como ele não recolheu o valor foi conduzido até a Cadeia Pública de Sumaré.

Traficantes ostentam fuzis dentro da piscina da vila olímpica de Honório Gurgel


Na Vila Olímpica Félix Mielli Venerando, em Honório Gurgel, quando a população não está usando as instalações para o lazer e a prática de esportes, o tráfico toma conta. E ainda registra a ousadia para postar nas redes sociais. Uma imagem, que faz parte de uma investigação da 39ª DP (Pavuna), mostra bandidos submersos ostentando três fuzis dentro da piscina da vila olímpica — inaugurada em 2012 para formar talentos para os Jogos de 2016.

 De acordo com agentes da distrital, os traficantes que aparecem na foto — feita há uma semana — são oriundos do Complexo da Pedreira e invadiram a Proença Rosa há duas semanas.

A Secretaria municipal de Esportes e Lazer, responsável pelas vilas olímpicas da cidade, confirma que o local foi invadido por bandidos. Entretanto, segundo nota enviada pelo órgão, “no momento da invasão, a vila se encontrava fechada e sem ninguém”. A secretaria também alega que “as atividades foram normalizadas, e já houve reforço na segurança do local”.

A guerra entre facções pelo controle da favela também mudou o horário de funcionamento da vila olímpica, segundo relatos de moradores ouvidos pelo EXTRA. Só nos últimos sete dias, três mortes na região foram registradas — uma delas, de uma moradora, Cirlene das Graças Lacerda Ribeiro, por bala perdida.

— Faço hidroginástica na piscina. Antes da invasão, a vila olímpica ficava aberta até as 20h. Agora, as atividades só vão até as 18h. Todos os horários da noite foram cancelados por causa dos tiroteios — conta uma moradora, que pediu para não ser identificada.

Na madrugada de ontem, um novo tiroteio assustou os moradores da favela. Traficantes do Chapadão, em Costa Barros, tentaram retomar o controle da região. À tarde, a PM reforçou o patrulhamento.

‘Adorei a piscina’

A piscina da vila olímpica também é citada num áudio investigado pela 39ª DP. Na gravação, feita após a tomada da Proença Rosa, um homem, que se identifica como Celso Pinheiro Pimenta, o Playboy, chefe do tráfico da Pedreira, provoca a facção rival.

“Adorei a piscina, esculachou. Mó complexão, tá tudo dominado”, diz.

Os agentes já têm uma prova de que a voz é de Playboy. Alan Souza de Lima, de 20 anos, preso na favela, afirmou, em depoimento, que é integrante da facção de Playboy e que reconhece a voz do bandido. No áudio, o homem diz que vai tomar a favela Jorge Turco, em Rocha Miranda.

Escola tranca banheiros e alunos passam por constrangimento

Fonte: TVB Record

Menina de 7 anos é atingida por bala perdida em Campinas

Fonte: Todo Dia

Uma bala perdida atingiu uma menina de 7 anos, na madrugada de ontem no bairro Campo Grande, em Campinas. O tiro acertou o estômago da criança, que estava dormindo no momento. Ontem à noite, o estado de saúde dela era estável. 
 
Segundo o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), a menina foi transportada do PA (Pronto Atendimento) Ouro Verde para o Hospital e Maternidade Celso Pierro. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, ela passou por para a retirada do projétil e foi conduzida à UTI (Unidade de Terapia Intensiva). 
 
A 2ª Delegacia Seccional informou que não poderiam divulgar informações por telefone. A assessoria de imprensa da SSP (Secretaria Estadual de Segurança Pública) afirmou que não poderia fornecer informações no início da noite porque estava em final de expediente. A assessoria da Polícia Militar afirmou que precisaria do endereço exato da ocorrência para dar informações.

Reservatório de Saltinho está em situação crítica

Fonte: TVB Record

Operadoras querem cortar internet de quem atingir a franquia


As operadoras devem estrear um novo formato de cobrança por internet no Brasil no qual o cliente é obrigado a pagar por um pacote adicional assim que sua franquia terminar. Com isso, será o fim da chamada "velocidade reduzida".

A novidade será implementada primeiro pela Vivo, segundo reporta O Globo. Maior operadora do país, com 79 milhões de clientes, a empresa apresentará o formato primeiro a quem tem celular pré-pago para, futuramente, mirar os clientes de planos pós-pagos.

Atualmente, um dos pacotes mais usados na modalidade pré-paga custa R$ 6,90 e garante 75 MB. Quando essa franquia acaba, o usuário não é desconectado; ao invés disso, recebe internet em velocidade reduzida, que chega a ser de apenas um décimo do total contratado.

Em novembro, quando o limite for alcançado a internet será cortada e, para continuar navegando, a pessoa precisará comprar 50 MB adicionais por R$ 2,99 para usar pelos próximos sete dias.

Oi e TIM confirmaram que também estudam migrar para esse formato e, embora a Claro não tenha comentado, O Globo diz que a operadora acompanhará as adversárias.


É assim que funciona em países da Europa e nos Estados Unidos e as operadoras argumentam que precisam acabar com a velocidade reduzida para que os clientes tenham uma experiência mais fiel em relação à internet que contrataram - já que muitos passam boa parte do tempo navegando por uma internet bem inferior.


Ao mesmo tempo, a novidade aumentará a receita das empresas, que passarão a vender esses pequenos pacotes adicionais.

Vendaval derruba torre de iluminação do estádio do Mogi Mirim

Incidente ocorreu por volta das 20h no 'Romildão'; não houve feridos. Estrutura de metal foi retorcida e atingiu muro do local neste domingo (19). 

Fonte: EPTV

Um vendaval que atingiu Mogi Mirim (SP) na noite deste domingo (19) derrubou uma das torres de iluminação do Estádio Romildo Vitor Gomes Ferreira, o Romildão. O equipamento esportivo pertence ao Esporte Clube Mogi Mirim, que hoje é presidido pelo ex-jogador da seleção brasileira, Rivaldo. O incidente ocorreu por volta das 20h, parte do muro do local também foi danificada e a estrutura de metal retorcida caiu sobre um estacionamento, próximo a uma arquibancada. Não houve feridos.

O estádio não sediava nenhuma atividade no momento do ocorrido, mas receberia um jogo entre o time de Mogi e o Salgueiro pela Série C do Campeonato Brasileiro na sexta-feira (31). O Mogi não confirma, mas deve pedir a alteração da partida para o período da tarde, o que possibilitaria a realização do jogo no local. Ainda de acordo com o clube, os estragos serão avaliados quando a delegação, que está em Pernanbuco, retornar para a cidade.

Ventos fortes na região

Em Campinas (SP), os ventos chegaram a 118 km/h, às 20h10, segundo o Centro de Pesquisas Metorológicas Aplicadas à Agricultura (Cepagri). Não foram registradas ocorrências graves, segundo o Corpo de Bombeiros.

Encontrar UBS 'escondida' se torna desafio para pacientes de Americana

 UBS construida no Jardim São Luis em Americana não possui qualquer sinalização nas ruas do bairro. Sua localização se torna uma caça ao tesouro por pacientes que precisam de atendimento.

Fonte: Todo Dia

Sem qualquer sinalização, encontrar a UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim São Luiz, em Americana, virou desafio para usuários do SUS (Sistema Único de Saúde). O posto fica em uma casa e não há placa de identificação. Moradores que vão pela primeira vez ao local e os que precisam da unidade com menor frequência ainda encontram dificuldades para chegar e receber atendimento. 
 
A casa sem sinalização é provisória, uma vez que o prédio oficial passa por reforma. O contrato da obra, de R$ 434,7 mil, foi assinado pela prefeitura e Caixa Econômica Federal em dezembro de 2010 e quase quatro anos depois, a reforma está paralisada, com 11,33% de conclusão. A data limite para entrega é junho de 2015. A finalização da obra era prevista em cinco meses. 
 
A embaladora Gabriela Stefani Silva, 18, fez uma verdadeira "peregrinação" para localizar a UBS, instalada na Rua Arno Tognetta. "Tive de ir porta a porta perguntando onde funcionava a unidade", contou. 
 
"É inexplicável uma situação dessas", criticou pedreiro José Maria de Brito, 42. O aposentado Narciso João Costa, 62, do Jardim América, depende do posto para fazer exames e relata haver "confusão entre muita gente" (para chegar à unidade). "A primeira vez precisei me informar pra ir lá", declarou. 
 
Moradores flagraram mendigos no prédio em obras. A reportagem constatou garrafas de bebida, sandálias e roupas no chão. Uma placa com prazo de término da obra para maio deste ano foi esquecida no local, com previsão de atendimento a 5.109 famílias. 
 
Sem citar data, a prefeitura informou que a faixa de identificação foi colocada em frente ao posto, mas vândalos a destruíram. A Secretaria de Saúde promete providenciar nova identificação. A Caixa, que financiou a reforma, informou que o atraso para finalizar a obra ocorreu por conta de recursos impetrados por empresas concorrentes, durante a licitação.

Adolescentes provocam arrastão em shopping de Campinas

Fonte: TVB

Captação falha pelo 10º dia seguido e 380 mil ficam sem água em Campinas

Sanasa divulgou nova lista de bairros com problemas no abastecimento. Comprometimento da captação aumentou de 22% para 46% em um dia.

Fonte: EPTV

Os moradores de Campinas (SP) terão problemas no abastecimento pelo 10º dia consecutivo. De acordo com a Sanasa, empresa responsável pelo recurso na cidade, cerca de 380 mil pessoas devem ficar sem água nas torneiras nesta segunda-feira (20). A baixa qualidade da água do Rio Atibaia tem dificultado o tratamento na captação, que está comprometida em 46%, índice maior do que os 22% registrados neste domingo (19).

A parada no sistema está prevista para acontecer das 9h às 15h. Segundo a Sanasa, a chuva deste domingo, que caiu sobre a cidade como uma esperança, acabou revirando o lodo do fundo do rio, o que faz com que a concentração de poluentes aumente e torna a purificação mais difícil. Somente dois mil litros de água por segundo estão em condições de tratamento, de acordo com a empresa.

O problema tem atingido os reservatórios elevados da cidade, que não estão sendo abastecidos conforme necessário. Desta forma, os bairros mais altos são os mais prejudicados. No entanto, moradores de residências próximas aos reservatórios podem não ter torneiras secas, segundo a Sanasa, por causa de um possível abastecimento parcial.

A previsão da própria empresa é que o problema seria solucionado neste domingo com a chegada de um metro cúbico da vazão liberada por Jundiaí (SP), que fez uma pausa na captação para ajudar Campinas. Mas esse volume ainda não chegou na captação da Sanasa.

Confira abaixo a lista de bairros afetados:

Reservatório Pulmão
Alpha Park
Alto da Chác. da Barra
Barra (parte) - Chác. da
Barreiro (CRD)
Bom Retiro - Jd.
Brandina (Fav) - Vl.
Brandina - Vl.
Carlos Gomes – Jd.
Carlos Lourenço (CRD) – Jd.
Dom Bosco (parte) - Jd.
Flamboyant (parte) - Jd.
Guarani (parte) - Jd.
Hipíca - Pq. da
Itamarati – Jd.
Lumen Christ - Jd.
Nova Campinas – Pq.
Paineiras - Jd. das
Palmeiras - B. das
Paraíso - Jd.
Paranapanema (CRD) – Jd.
Pinheiros – Pq.
São Carlos - Jd.
São Fernando - Jd.
Sta. Florinda – Jd.
Shopping Iguatemi
Sta Marcelina (parte) - Jd.

Reservatório Barreiro II
Recalque
Alto Nova Campinas
Gramado – Chác.
Res. Paranapanema
Recalque – 0,83%
Baronesa (parte) - Jd.
Carlos Lorenço (CRD)
Ecológico - Pq.
Guarani (parte) - Jd.
Inst. Biológico
LARA

Reservatório Carlos Lourenço
Andorinhas - Jd.
Carlos Lourenço - Jd.
Cond. José Euzébio Cabral
Itatiaia - Jd.
Itayu - Jd.
Nova York - Jd.
Sta Eudóxia (parte) - Jd.
Tamoio (parte) – Jd
Gravidade
ETE Samambaia
Tamoio (parte) - Jd.

Reservatório São Bernardo
Morada das Bandeiras – Res.
Morumbi -
7 Quedas – Faz.
Aero Continental - Jd.
Bacuri - B.
Bandeiras I e II - Jd. das
BPLAN
Camboriú - Pq.
Camélias – Pq. das
Canadá - Pq.
Centenário - Pq.
Country Ville
DIC – Industrias (parte)
Eldorado – Pq.
Elektro Office Park
Friburgo - Jd.
Iraci – Jd.
Irajá – Jd.
Itatinga - Jd.
Lago (parte) - Jd. do
Lago II – Jd. do
Lisboa - Pq.
Lourdes - Vl.
Maria Eugênia - Jd.
Maria Rosa - Jd.
Mimosa - Vl.
Montreal - Pq.
Industrial (parte) - Pq.
Lago (parte) - Jd. do
Presídio São Bernardo
Rica (reforço) - Vl.
São Bernardo
Saturnia - Vl.
Trevo (parte) - Jd.

Reservatório Jd. Londres
Alvorada - Jd.
Amoreiras - Jd.
Ayres da Costa * - Jd.
Campos Eliseos (parte) - Jd.
Capivari - Jd.
Ipiranga - Pq.
Marcia - Jd.
Mingone – Vl.
N.C. Eliseos (parte) - Jd.
Novo Capivari – Res.
P. L. Barros (parte) - Vl.
Palácios - Vl.
Res. Souza Queiróz
São João - B.
Sta Lúcia - Jd.
Yeda - Jd.
Adutora Pq. Valença –
4,02%
Cemitério Pq. das Flores *
EMDEC
Eucaliptos * - Pq. dos
Florence I * - Jd.
Hab. Sto Expedido – Cj.
Hospital Pucc
Ipaussurama - Jd.
Marialva – Vl.
Morro São Judas (Ocup.)
Ouro Preto - Jd.
Princesa D´Oeste – N. Res.
Res. Cosmos *
Res. Vl. União (parte) - Pq.
Roseira - Jd.
São Judas Tadeu - N. Res.
Satélite Íris I e II – Cid.
Sirius – Res.
Tropical (parte) – Pq.
Uruguai – Jd.
Anchieta - Jd.
Campos Eliseos (parte) - Jd.
Londres - Jd.
N. C. Elíseos (parte) – Jd.
Nova Morada - Jd.
P. L. Barros (parte) - Vl.
Paulicéia (parte) - Jd.
Pe. M. Nobrega (parte) - Vl.
Tropical (parte) – Pq.

Reservatório Campo Grande
Adhemar de Barros* (parte) -
Jd.
Aeroporto de Viracopos* –
Pq.
Campina Verde * – Res.
Campinas* – Pq. Res.
Dom Pedro II (parte) * - Pq.
Florence II - Jd.
Marajó * - Jd.
Mauro Marcondes * - Res.
Planalto Viracopos * - Jd.
Porto Seguro* – Res.
Pq. da Amizade* – N. Res.
São Cristovão (parte) * - Jd.
São José * - Res.
São Pedro de Viracopos
(parte) * - Jd.
Três Estrelas* – N. Res.
União da Vitória – N. Hab.
Universitário (parte) * - Pq.
Vida Nova * - Res.
Vista Alegre (parte)

Reservatório Taquaral
Flores – Pq. das
Chác. Primavera
Colonial – Jd.
M. Sto Antonio (parte)
Profª Tarcila - Jd.
São Quirino (parte) - Pq.
Sta Cândida - Jd.
Taquaral (parte) - Pq.
Taquaral (parte) - Pq. Alto
Villa Bella (parte) – Res

Reservatório Jd. Eulina
Aurélia (parte) - Jd.
Boa Vista (parte) - Vl.
Bosch
Chác. Cneo
Eulina (parte) - Jd.
Hab. Bandeirantes - Cj.
Interlagos (parte) - Jd.
Magnólia - Jd.
Pacaembú - Jd.
Gravidade Sub-adutora
Pe. Anchieta (/ova) –
CDHU (Campinas F)
Militar (parte) - Vl.
Quartéis (parte)
Gravidade Sub-adutora Pe.
Anchieta (Antiga) – 4,00%
Anhanguera – Chác.
Boa Vista - B.
Boa Vista (parte) - Vl.
Boa Vista – Chac.
ETE Piçarrão
Fazendinha - Pq.
Francisca - Vl.
Francisco Amaral I, II, III e
IV - N. Res.
Gevisa
Hab. Vl. Réggio – Cj
Aurélia (parte) - Jd.
Bandeirantes - Jd.
Eulina (parte) - Jd.
IAPI (parte) - Vl
Interlagos (parte) - Jd.
Itália - Vl.
IV Centenário - Jd.
Novo Chapadão (parte)
Proost de Souza - Vl.
Teixeira (parte) - Vl.
Vovô - Jd.
Res Pe. Anchieta
Aparecidinha
Pe. Ancheita - Vl.
São Judas Tadeu - Vl.

SISTEMA CAPIVARI
São João – Lot.
Nilza – Vl.
Palmeiras – Vl.
Adutora Descampado II
(Booster) – 3,30%
Campituba
Campo Belo I e II
Cid. Singer I e II
Columbia – Jd.
Diva – Vl.
Dom Gilberto – Jd.
Fernanda I e II – Jd.
Invasões Camptuba
Itaguaçú I, II e III – Jd.
São Jorge – Jd.
Sta. Maria I e II – Jd.
Marisa – Jd.
Novo Itaguaçu – Jd.
PUCCAMP
São João – Jd.
São Jorge – Jd.
Sta Maria I e II – J

Reservatório Profilurb
Adhemar de Barros (parte) *- Jd.
Aeronave - Jd.
Aeroporto (parte) - Vl.
Dom Pedro II (parte) - Pq.
Industrias - Pq. das
Melina (parte) - Jd.
Mercedes - Jd.
Paraíso de Viracopos - Jd.
Profilurb
Recanto Sol I e II (parte)
São Cristovão (parte) - Jd.
São P. Viracopos (parte) - Jd.
Universitário (parte) – Pq
Vista Alegre (parte) - Jd.

Reservatório DIC V
Antonio (Ocup.) – Sto.
Bela Vista – Pq. (DIC V)
DIC 5 de Março
DIC IV
DIC V
DIC VI (parte)
Todescan (Ocup.) – Vl.
Vista Alegre * - Pq.
Zumbi dos Palmares (Ocup).

 

Neymar se cansa de polêmica sobre transferência: "Parem de encher o saco"

Atacante se irrita com polêmicas sobre denúncias de sua transferência ao Clube Espanhol.


Neymar está em casa no Barcelona. Feliz e artilheiro do time no Campeonato Espanhol, com oito gols marcados, o atacante admite que está mais feliz na Espanha e tranquilo após as polêmicas sobre sua transferência para o clube espanhol.

Em entrevista coletiva concedida nesta segunda-feira, o astro, que chamou atenção por responder algumas questões em espanhol, afirmou que tudo sobre seu contrato com os catalães já está esclarecido. No entanto, ele pede que parem de "encher o saco" com o tema.
"É uma coisa chata, que ficam falando muitas coisas. Já falamos sobre tudo, meu pai já esclareceu tudo. Está tudo certo. Não só eu e minha família estamos mais tranquilos. Também tem que parar de me encher o saco um pouco com isso", afirmou. 

No início do mês, o blog do Rodrigo Mattos publicou que um contrato entre Neymar Jr. e a empresa de seu pai, N & N, ignorou o Santos e deu os direitos de transferência para o Barcelona para a família do jogador. Foi essa operação cujos dados eram desconhecidos até agora que possibilitou ao seus pais ganharem € 40 milhões, enquanto o clube levou € 17 milhões.

O brasileiro também falou sobre sua adaptação ao clube. Mais feliz, Neymar tem se destacado neste início de temporada. 

"O ano passado foi de adaptação. Estou mais solto, muito mais feliz e tudo está dando certo", analisou. 

Bombeiros seguem com busca a fresador

Homem mdesapareceu enquanto nadava na Praia dos Namorados em Americana

Fonte: Todo Dia

O Corpo de Bombeiros de Americana continuaram ontem com as buscas na Represa de Salto Grande, na Praia dos Namorados, pelo fresador Gilmar Jorge de Souza Júnior, 26, morador de Campinas, que desapareceu enquanto nadava. A suspeita é que ele tenha se afogado. Os fatos ocorreram na Avenida José Ferreira Coelho, 330, no Parque das Mangueiras, às 16h30 de anteontem. 
 
O sargento Pinheiro e soldado Quintanilha foram acionados até o local dos fatos para averiguar desaparecimento de um homem que estava com amigos na represa. 
 
No local, os policiais entraram em contato com Aline, namorada do desaparecido, cujos dados não constam no boletim de ocorrência. Ela informou que estavam numa lancha no meio do rio quando Gilmar resolveu dar um mergulho, não voltando mais à tona. Foi acionada a equipe de Resgate do Corpo de Bombeiros que efetuou buscas, que foram encerradas às 18h20 de anteontem sem que os bombeiros encontrassem o corpo. As buscas continuaram ontem de manhã e à tarde.

Adolescente é apreendido pela 2ª vez em Campinas

Fonte: TVB Record

Quatro palmeirenses são presos após briga de torcedores em estrada, diz TV


Quatro torcedores do Palmeiras estão presos e mais duas pessoas envolvidas na briga de organizadas que resultou na morte de um torcedor receberam voz de prisão depois do incidente deste domingo, na Rodovia Anchieta, em São Bernardo do Campo. Segundo a TV Globo, estes integrantes de torcidas responderão por ao menos dois crimes. Mais um torcedor está sendo averiguado.

A Polícia Militar informou na tarde de domingo que torcedores palmeirenses fizeram uma emboscada para tentar surpreender santistas que se locomoviam em dois ônibus pela rodovia. Dois ônibus do Santos subiam a serra sem escolta, quando foram surpreendidos por rivais armados com enxadas, rojões e facas. Dois carros de santistas acompanhavam os ônibus e houve atropelamento, o que causou a morte do torcedor palmeirense Leonadro da Mata Santos, de 21 anos.

Segundo a Globo, os quatro presos serão ouvidos em São Bernardo do Campo. Os outros dois torcedores que receberam voz de prisão estão internados em estado grave após a briga – um em São Bernardo, um em Santo André. Um deles pode perder uma perna. Outra pessoa ainda será averiguada e também pode ser presa, ela está internada em São Paulo.

Os envolvidos responderão por crimes como tentativa de homicídio, associação criminosa e provocar tumulto.

Um roubo ocorre a cada 21 minutos na região

Assaltada 23 vezes, a aposentada de 64 anos, vive rodeada pelo medo. Ela é apenas um exemplo da criminalização que cresce de forma exponencial em toda a Região.


Em decorrência dos roubos - o último em 25 de setembro deste ano -  a senhora citada acima, desenvolveu traumas e a síndrome do pânico. Hoje faz tratamento. Dois homens invadiram a casa da idosa, no Parque dos Pinheiros, em Hortolândia, trancaram ela e o marido no banheiro, empurraram as vítimas e as chamaram de "vagabundas". A dupla ficou das 22h às 23h30 ameaçando marido e mulher e fez um limpa na sala. A aposentada mora a cerca de 100 metros do Plantão Policial da cidade e faz parte de um rol de vítimas de 16.583 roubos na RMC (Região Metropolitana de Campinas) em 2014. Na média, há um crime a cada 21 minutos.
 
"Isso aqui é um reduto de drogados. Não tem segurança. Minha casa é humilde e vivo com medo. Vou embora daqui para Campinas. Já estou alugando a casa", disse. A idosa contabiliza prejuízos em torno de R$ 20 mil com todos os roubos sofridos e toma sedativo para se acalmar e dormir. "Não posso entrar no banheiro que lembro do assalto. Me sinto encurralada dentro da própria casa".
 
Seja de veículo, a pé, de cargas, estabelecimentos comerciais ou "saidinhas" de banco, o número de assaltos cresceu 9,4% na região de janeiro a agosto deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo estatísticas da SSP (Secretaria Estadual de Segurança Pública).
 
Segundo dados do governo do Estado, considerando roubos gerais, de veículos, bancos e carga, a RMC registrou 16.583 casos este ano, alta de 9,5% em relação ao mesmo período de 2013, quando foram registradas 15.148 ocorrências.
 
As principais modalidades de assalto são roubos gerais, que representam 11.357 (68,5%) na região, seguido de roubo de veículos, com 29,2% (ou 4.832 casos). Os roubos de carga e a banco, juntos, correspondem a menos de 2,4%, com 394 casos.
 
Dos 20 municípios do bloco, apenas em Engenheiro Coelho e Vinhedo houve queda na soma destes tipos de casos, de 6,2% e 20,1%, respectivamente.
 
Entretanto, municípios menores tiveram maior crescimento de roubos de 2013 para 2014. Artur Nogueira (52,9%), Cosmópolis (30,8%), Holambra (300%), Jaguariúna (61,9%) e Monte Mor (77,6%). Já em cidades mais populosas como Campinas, Americana, Sumaré e Santa Bárbara d'Oeste, o aumento foi de 4,3%, 6,8%, 12,3% e 39,2%, respectivamente.
 
MIGRAÇÃO
 
O delegado seccional de Americana, José Roberto Daher, destaca o fator da "migração" de crimes de cidades mais populosas para as que possuem menos habitantes para explicar os índices.
 
"Quando se reprime o delito em determinada localidade, o crime sempre vai onde há menos repressão. A polícia percebe isso e atua na prevenção, por isso é comum haver aumento e quedas em diferentes lugares", explicou. Para ele, o aumento de 9,5% de assaltos está dentro do esperado pela polícia, ao comparar com aumento populacional da região.
 
Segundo Daher, o maior entrave das investigações de roubo é o temor da vítima em reconhecer os autores, condição imprescindível para prisão. "A vítima, em geral, tem medo que possa haver represália". Conforme o delegado, primeiro é preciso registrar os roubos, por menos grave que seja, e fornecer o maior número de detalhes para investigação.
 
EFETIVO
 
Para maior eficácia da repressão, o delegado citou a dependência do aumento do efetivo de investigadores. "Estamos pleiteando isso faz tempo. A defasagem é grande, precisamos do dobro de investigadores para uma investigação mais profícua", disse sem citar números do efetivo atual.

Sanasa alerta população para economizar água

 Rio Atibaia, onde a Cidade de Campinas capta água para o consumo esta no nível mais baixo de sua história, poluição impede sanasa de captar água.

Fonte: TVB Record

Candidatos evitam "baixaria" e discutem propostas em penúltimo debate


No penúltimo debate entre presidenciáveis antes do fim do segundo turno, realizado pela Rede Record na noite deste domingo (19), os candidatos Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB), evitaram a "baixaria" que marcou os dois primeiros debates e se concentraram na discussão de propostas e nos casos de corrupção envolvendo a Petrobras.

A expectativa em relação aos ataques que Dilma e Aécio poderiam fazer um ao outro era grande, sobretudo depois do debate da última quinta-feira (16), realizado pelo UOL, SBT e Jovem Pan. Na ocasião, os dois trocaram ofensas pessoais e citaram supostos casos de nepotismo envolvendo parentes de ambos.

No debate deste domingo, o tom foi bem menos agressivo e o encontro foi marcado por uma vasta apresentação de dados estatísticos sobre inflação, crescimento econômico e criminalidade.

O primeiro bloco do debate, o mais longo, com quatro perguntas para cada lado, foi marcado pela discussão de três temas: segurança pública, economia e corrupção na Petrobras. O segundo e terceiro blocos foram marcados por questionamentos sobre o Bolsa-Família, o papel dos bancos públicos na economia e obras inacabadas.